Atualizar cadastro bolsa família 2021

Todos os anos é preciso atualizar o cadastro bolsa família, para que o governo federal entenda que as informações são verdadeiras e assim continue realizando os pagamentos do benefício. O Bolsa Família 2021 vai beneficiar milhões de pessoas em todo o nosso país, veja mais sobre ele a seguir.

Aqui você vai conhecer todos os detalhes sobre a atualização do cadastro do Bolsa Família 2021. Quer saber quais são os documentos necessários para fazer essa solicitação? Contaremos a seguir. Além disso, explicaremos as principais situações que levam ao cancelamento do benefício.

Atualizar cadastro bolsa família 2021

Bolsa Família 2021 como funciona

O Bolsa Família 2021 vai beneficiar milhões de famílias de todo o Brasil, em situação de pobreza e de extrema pobreza. Aliás, já faz quase 20 anos que esse sistema de transferência de renda foi implementado, ajudando milhões de pessoas.

O Bolsa Família 2021 possui alguns requisitos para participação, ou seja, nem todas as pessoas podem receber os valores todos os meses.

O principal objetivo é fazer com que as pessoas de baixa renda levem uma vida mais tranquila e digna. Por isso, existem alguns mecanismos que oferecem mais recursos para algumas famílias.

Quem tem direito ao bolsa família?

Conforme a Caixa Econômica Federal, as famílias em situação de pobreza ou de extrema pobreza são os alvos do Bolsa Família 2021.

São consideradas famílias extremamente pobres aquelas que possuem renda mensal por pessoa de até R$ 89,00.

As famílias pobres possuem renda entre R$ 89,01 e R$ 178,00 por pessoa ao mês. Elas podem participar desde que tenham crianças, gestantes ou adolescentes, de até 17 anos.

Leia Também  Calendário Bolsa Família no auxílio emergencial

Tem direito ao Bolsa Família 2021 quem está com seus dados no Cadastro Único atualizados há pelo menos 2 anos. Então, caso você atenda aos requisitos, mas não possui essa inscrição, faça agora mesmo.

Cadastro bolsa família como fazer?

Caso a sua família esteja de acordo com as exigências do governo federal para participar do Bolsa Família, então deverá realizar a inscrição no Cadastro Único (CadÚnico). Esse requerimento pode ser feito diretamente no setor responsável em seu município.

Esse cadastro deve ser feito por uma pessoa com mais de 16 anos, considerada a Responsável Familiar. Veja quais são os documentos necessários para essa inscrição:

  • Certidão de Nascimento;
  • Carteira de identidade; Cadastro de Pessoa Física (CPF);
  • Carteira de Trabalho;
  • Título de eleitor;
  • Comprovante de residência;
  • Para os dependentes: certidão de nascimento e RG.

Busque mais informações no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de sua cidade.

Atualizar cadastro bolsa família 2021

Todos os anos o governo federal exige que os beneficiários do Bolsa Família façam o recadastramento. Assim, é possível identificar se essas famílias contempladas continuam dentro dos limitadores de recebimento.

É uma forma que o governo tem de controlar os dados cadastrais e de atualizar as informações. Permite ainda que sejam identificadas as famílias que necessitam e aquelas que já não precisam mais do benefício.

Documentos para atualizar cadastro

Se o objetivo é atualizar os dados cadastrados no Bolsa Família 2021, deverá ir até o Cras de sua cidade com os seguintes documentos em mãos:

  • RG e CPF de todos os membros cadastrados no programa;
  • Cartão da bolsa família;
  • Título de eleitor (é necessário estar com o título em dia com a Justiça Eleitoral);
  • Certidão de nascimento;
  • Comprovante de matrícula escolar (no caso de crianças e jovens entre 0 e 17 anos de idade;
  • Comprovante de residência válido dos últimos três meses.
Leia Também  Calendário Bolsa Família junho: 3ª parcela do auxílio e benefício padrão

Lembrando que não é possível realizar esse procedimento pela internet e todo o protocolo é executado dentro de poucos minutos.

Bolsa família cancelado/suspenso

Existem alguns fatores que podem levar ao cancelamento do Bolsa Família 2021. Acontece que se algum dos membros da família mudar as suas características econômicas, isso poderá levar a suspensão do pagamento. Veja quais são as principais situações que levam ao bloqueio:

  • Dados fornecidos incorretamente;
  • Renda superior ao limite estabelecido;
  • Criança não indo à escola;
  • Gestante sem acompanhamento médico;
  • Falta de atualização no cadastro;
  • Mudança de endereço.

Se a renda familiar aumentar, é possível que deixe de figurar entre os beneficiados, então o benefício pode ser cancelado.