Aumento no Bolsa Família: Previsão de liberação de R$ 250

Segundo o presidente da República, Jair Bolsonaro, vai ocorrer um aumento no Bolsa Família. O programa que atualmente paga cerca de R$ 192,00 por família, deve ser elevado para R$ 250,00. O que seria um reajuste bem pomposo.

Pelo menos essa foi a informação dada por Bolsonaro recentemente. Ele deu uma data para isso ocorrer também, prometendo esse aumento até o mês de setembro.

Ele alegou que só no ano de 2020 o governo gastou o mesmo que em 10 anos de Bolsa Família. No entanto, não se sabe se é informação condiz com a verdade. Mas, o mais interessante é que ele alegou que mesmo que o auxílio emergencial pague R$ 250,00, menos do que o que era previsto, pelo menos é superior ao Bolsa Família.

Leia também:

Bolsa Família dinheiro na conta hoje: vou receber o dinheiro quando?

Calendário Bolsa Família no auxílio emergencial

Nova regra Bolsa Família – Confira também os novos valores

O Programa Bolsa Família foi criado no ano de 2004. Sendo atualmente um benefício que chega a 14 milhões de famílias. Esse número de pessoas cadastradas é um dos maiores da história do programa, segundo o governo.

No entanto, com a volta do auxílio emergencial, a Caixa em vez de pagar o Bolsa Família está dando o auxílio emergencial aos segurados. Que no caso acabam recebendo um valor maior.

A algum tempo um aumento vem sendo previsto para o Bolsa Família. Já foram especuladas várias datas para ser lançado um aumento no Bolsa Família. Mas, acabou que nenhuma se concretizou, agora a expectativa é que a ampliação do valor saia quando o auxílio parar de ser pago.

Leia Também  Reforma do Bolsa Família 2021: haverá mudanças no programa?

Aumento no Bolsa Família atualmente pago

São dois os tipos de benefícios que estão sendo concedidos pelo Bolsa Família. Sendo que um deles é um valor fixo que é chamado de benefício básico e tem o valor de R$ 89,00 ao mês.

E o outros é um benefício variável que tem o seu valor mudando conforme a composição da família. Caso existam algum desses indivíduos como membro da família:

  • Gestantes;
  • Mulheres amamentando;
  • Crianças;
  • Adolescentes de 0 a 15 anos.

Nesses casos são concedidos diferentes benefícios que chegam a R$ 41,00 cada. E a família pode receber até 5 benefícios por mês. Conseguindo assim, receber um valor máximo de R$ 205,00.

Logo, um aumento no Bolsa Família para R$ 250,00 seria algo importante para a população. Pois seria um valor que refletiria melhor a situação econômica do país. Contudo, essa informação não foi confirmada oficialmente por nenhum canal de comunicação do governo.