Bolsa Família em julho

Bolsa Família em julho: programa terá melhorias

O Bolsa Família em julho deverá passar por mudanças que devem agradar muito seus beneficiários. São bem diversas as mudanças e são basicamente incrementos que irão melhorar o benefício.

Se tornar beneficiário do Bolsa Família será ainda mais vantajoso a partir de julho. Época em que as mudanças que vinham sendo faladas finalmente serão implementadas ao programa de transferência de renda. Na sequência explicaremos tudo que muda no Bolsa Família em julho.

Leia também:

Regras do Bolsa Família 2021 e Votação da PEC Emergencial

O Cancelamento do Bolsa Família vai mesmo acontecer?

Mudanças no Bolsa Família

O Bolsa Família já está implantando um novo modelo de pagamento para os beneficiários do programa. O governo federal possuía o desejo de que o novo valor do benefício fosse liberado ainda no mês de fevereiro.

Contudo, as mudanças prometidas acabaram ficando para o mês de julho. Devido a junho ser o último mês em que o auxílio emergencial deverá ser pago. São diversas as alterações previstas para o programa, mas a que possui maior relevância é o aumento do valor médio do benefício pago pelo governo de R$ 190,00 para R$ 200,00. Assim o valor do Bolsa Família em julho deve ter mais impacto para os beneficiários.

Essas mudanças no Bolsa Família em julho farão com que o programa passe a oferecer opções de microcrédito digital produtivo, por exemplo. O valor seria liberado para os pequenos e microempresários tanto formais quanto informais. Sendo uma forma de tentar melhorar a situação econômica dessas famílias.

Outro ponto importante que pode ser criado é o auxílio creche, nesse caso as mães receberão um valor de R$ 250,00. No entanto, só será válido se a mulher tiver um filho pequeno, ou seja, que ainda não possua idade para ir à escola.

Leia Também  Telefone bolsa família 2021 para entrar em contato?

O auxílio creche surge com o objetivo de permitir às mulheres possam pagar a creche, para que nesse período possam trabalhar e assim arrecadar uma renda maior. São alternativas pensadas para tentar melhorar a situação das famílias.

Com as mudanças a ideia do governo é passar a contemplar 14,5 milhões de famílias. Assim, seriam adicionadas 200 mil famílias aos beneficiários. Contudo apesar de esse número ser grande é bem possível que não seria o suficiente para dar fim às filas de pessoas aguardando o benefício.

Melhorias no Bolsa Família em julho

O governo federal pretende unificar diversos benefícios ao Bolsa Família em julho. São benefícios que já existem no programa e alguns que atuam independente. Além disso, devem ser reajustados os valores do benefício. Assim como também serão criadas bolsas de mérito:

  • Escolar;
  • Esportivo;
  • Científico.

Em relação às bolsas de mérito (escolar, científico, e esportivo), seriam benefícios extras para premiar os estudantes que são integrantes do programa e tiveram um bom desempenho em uma dessas áreas. Sendo essa uma medida importante para incentivar os alunos a irem à escola e premiar os com melhor desempenho.

Para que isso fosse oferecido no Bolsa Família em julho foram realizadas negociações com os Ministério da Educação, Ciência e Tecnologia. Para que assim cerca de 10 mil estudantes pudessem ser contemplados por essa premiação logo no primeiro ano do novo Bolsa Família.

Serão bolsas de mérito esportivo e outras 10 mil na área de iniciação científica. O valor do benefício destinado ao aluno será de R$ 100,00 e a família do mesmo receberá uma parcela única de R$ 1 mil, sendo que será recebido ao total R$ 2,2 mil no período de um ano.

Leia Também  Consulta pública Bolsa Família 2021

Só com isso o governo acabará gastando R$ 50 milhões aproximadamente para manter o pagamento dessas bolsas. Devem também ocorrer mudanças no prazo de saque do benefício. Anteriormente o período era de 90 dias, no entanto, em 2021 os beneficiários do programa passaram a ter um prazo de 270 dias para realizar a retirada do valor.