Empréstimo Bolsa Família

Empréstimo Bolsa Família 2021 – Conheça o Plano Progredir

Uma novidade interessante está surgindo para aquelas pessoas que estiverem inscritas no Cadastro Único (também conhecido como CadÚnico). Essas pessoas que estão inscritas nesse cadastro para recebimento de programas sociais, e são beneficiadas pelo Bolsa Família, poderão participar do programa Progredir. E assim garantir um empréstimo Bolsa Família.

Em suma, o programa promove a autonomia dos beneficiários. Assim, buscando fazer com que sejam gerados empregos para essas pessoas. Fazendo com que elas consigam uma boa renda para as suas famílias.

Nas normas do programa é dito que existe a possibilidade do microempreendedor de baixa renda obter crédito com condições especiais. Fazendo com que seja promovido assim um maior desenvolvimento do seu negócio, buscando melhorar a condição financeira do mesmo.

Visto isso, o programa fez um liberação de verba de R$ 4 bilhões para as mais diversas operações de microcrédito, visando auxiliar esse grupo de pessoas. O limite do empréstimo pode chegar até R$ 15 mil. No entanto, é bem possível que seja feita uma análise do histórico da pessoa como pagador.

Como sabemos o empréstimo Bolsa Família em conjunto com um bom plano de ação pode fazer toda a diferença para tirar essas famílias da linha da pobreza e miséria. Por isso, é fundamental que essa medida do governo que será explicada a seguir seja tomada, visto que oferece junto com o empréstimo, estudo profissionalizante.

Plano Progredir e o Empréstimo Bolsa Família

Em suma, o Plano Progredir é um projeto que oferece qualificação profissional para as pessoas financeiramente mais debilitadas. Servindo como apoio ao empreendedorismo e direcionando essas pessoas para o mercado de trabalho, onde podem ganhar experiência antes de abrir o próprio negócio.

Visando contribuir no fortalecimento das capacidades individuais de cada participante do programa eles oferecem cursos qualificantes e oportunidades de emprego que acabam surgindo. Esse tipo de projeto é muito importante para o Brasil ter um futuro melhor.

Pelo que foi informado pela Secretaria de Inclusão Social e Produtiva do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) que é o responsável pelo programa. Eles contam com parceria de diversas empresas, tanto públicas quanto privadas, oportunizando assim vagas de emprego.

Quais são as áreas de atuação?

São bem diversas as áreas de atuação do programa Progredir, pois ele ataca em várias frentes buscando mudar a vida do beneficiário para melhor. Pois, somente dar um benefício nem sempre é a maneira mais eficaz de resolver o problema dos beneficiários do Bolsa Família.

Por exemplo, somente conceder um empréstimo Bolsa Família pode não ser o suficiente para que a pessoa consiga melhorar sua condição financeira. Por vezes, é necessário se passar algum conhecimento ao beneficiário sobre administração de recursos, para que lide melhor com os valores emprestados. Na sequência trataremos detalhadamente das áreas de atuação do Plano Progredir.

Intermediação de mão de obra

O programa oferece ferramentas que permitem a elaboração de currículos e identificação do perfil dos candidatos permitindo que tanto empresas quanto os beneficiários sejam auxiliados pelo Plano Progredir. O que é uma ótima alternativa para obter mais auxilio de empresas privadas.

Também é possível verificar perfis de candidatos a empregos. E ver quais são as vagas de emprego disponibilizadas pelas empresas parceiras, o que torna obter um emprego muito mais fácil. Mesmo quem não consegue ser empregado, pelo menos consegue referências, para o mercado de trabalho o ver com melhores olhos.

Qualificação profissional será necessário

O número de vagas oferecido pelo Pronatec chegam a 1 milhão para cursos de voluntariado. Podendo utilizar ferramentas online é possível encontrar centros de carreiras técnicas para melhorar o seu conhecimento para as mais diversas vagas de trabalho.

É oferecido acesso a diversos cursos de formação profissional, workshops de educação financeira para mais de 100 mil famílias. São também disponibilizadas ferramentas online que permitem que seja feito uma integração digital entre todos os cursos.

Empreendedorismo

Com essas medidas é disponibilizado em torno de R$ 3 bilhões de microcrédito para famílias registradas no Cadastro Único que possuam o desejo de investir em pequenos negócios. Permitindo que elas abram suas próprias microempresas e obtenham a independência financeira.

São oferecidos para essas pessoas para se darem bem em seu negócio, assistência técnica, e inclusão financeira para que saibam gerenciar melhor suas pequenas empresas. Pois, como foi dito anteriormente, somente conceder o dinheiro não é suficiente para essas pessoas alcançarem a prosperidade financeira.

Microcrédito – Empréstimo Bolsa Família

O empréstimo Bolsa Família é destinado aos beneficiários do programa. Visando o atendimento dessas pessoas que estejam em condição de vulnerabilidade e que não conseguiram obter aprovação de serviços de outra maneira, então tem como saída abrir o seu próprio negócio.

É previsto pelo Ministério do Desenvolvimento Social que cerca de 1,5 milhão de pessoas possam ser beneficiadas por essa linha de microcrédito. O que pode fazer toda a diferença na vida desses indivíduos e quem sabe beneficiar a economia brasileira. Devido a pandemia muitos perderam seu emprego e com o empréstimo Bolsa Família pode ser que consigam se reerguer.

Leia Também  Consultar Bolsa Família pelo meu nome? Como?