O Bolsa Família vai aumentar em 2021?

As previsões são positivas quanto a um aumento no Bolsa Família em 2021. O Governo Federal está trabalhando para fechar os gargalos e fazer com que o valor possa subir, sem comprometer as contas públicas. O Bolsa Família vai aumentar em 2021? Provavelmente sim.

Assim como o salário mínimo, o Bolsa Família precisa passar por um reajuste de tempos em tempos. Acontece que os preços dos alimentos sobem, por isso é preciso dar uma compensação para manter tudo em ordem.  Assim, é necessário de um reajuste periódico.

O problema é que a situação do Bolsa Família em 2019 e em 2020 deixou muitas pessoas confusas. No primeiro ano do Governo Bolsonaro não houve aumento e no segundo ano, a pandemia de Covid-19 fez os planos passarem por alterações.

Quando vai ser o aumento em 2021?

Em primeiro lugar, ainda não está confirmado que haverá um aumento no Bolsa Família, em segundo lugar, é impossível prever quando isso acontecerá. Porém, o que se sabe até o momento é que o Governo Federal está trabalhando pesado para cortar gastos e fazer sobrar dinheiro.

Além de aumentar os pagamentos do Bolsa Família em 2021, o objetivo é fazer com que mais famílias sejam beneficiadas. Aliás, uma das ideias do Governo Bolsonaro é fazer com que até mesmo pessoas empregadas tenham direito ao benefício, pelo menos por alguns meses.

Quando vai ser o aumento em 2021? A expectativa é de que os valores sejam anunciados em março ou abril, mas isso é só uma previsão. Se isso acontecer, os novos pagamentos devem ser iniciados somente na metade do ano.

Leia Também  Aprenda como consultar Bolsa Família pelo CPF

Mês previsto para o aumento do Bolsa Família

É difícil prever um mês quanto ao aumento do Bolsa Família. Em 2018, quando o presidente da República ainda era Michel Temer, o reajuste foi anunciado no fim de abril. Mas, os novos valores passaram a ser adotados somente em julho daquele ano.

Em 2019 o valor não foi reajustado, neste ano o presidente da República, Jair Bolsonaro, em seu primeiro ano de mandato, resolveu liberar o pagamento do 13º salário para todas as famílias beneficiadas pelo programa social. Por isso, não houve reajuste, como forma de evitar gastos exagerados.

Em 2020, devido a pandemia de Coronavírus, todas as famílias beneficiadas pelo programa social passaram a receber R$ 600 por mês. Mas, isso com um prazo para acabar e retornar aos valores antigos. Inicialmente a ajuda extra seria por três meses, mas depois acabou sendo prolongada.

Outro agravante em relação a falar sobre o mês em que haverá aumento do Bolsa Família é que o presidente Bolsonaro tem pouco tempo de governo. Por exemplo, durante os governos do PT, de Lula e Dilma era mais fácil falar sobre isso, já que eles seguiam a mesma linha.

Quanto vai ser o aumento do Bolsa Família em 2021?

Em maio de 2020 o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) sugeriu que o governo federal aumentasse os pagamentos do Bolsa Família em até 29%. Além disso, foi sugerida a criação de um benefício extra, no valor de R$ 450,00, com duração de seis meses para as famílias que possuem renda média de meio salário per capita.

Essa ação beneficiaria 1,7 milhão de famílias que estão na fila de espera do programa. O impacto seria de R$ 11,6 bilhões nos cofres do governo, a partir de 2021.

Leia Também  Empréstimo Bolsa Família que pode chegar a R$ 15 mil

O próprio Ministério da Cidadania já havia falado sobre alterações no programa, que passará a ter algumas novidades. Você deve saber que é fundamental que os jovens da família frequentem a escola, mas uma das novidades planejadas é o pagamento de um bônus para os casos de aprovação e passagem de ano.

Geralmente o aumento no benefício fica na faixa de 5%, mas a expectativa dessa vez é maior, quem sabe o novo valor realmente surpreenda os beneficiários.

Qual será o valor do Bolsa Família em 2021?

O Governo Federal está analisando diversas possibilidades, uma corrente defende que o pagamento seja de R$ 600,00 para as famílias beneficiadas. Aliás, é algo que vem sendo trabalhado desde governos anteriores.

Um dos projetos é o renda básica, que seria pago a todas as pessoas que não possuem um emprego formal, desde que a renda não seja superior a meio-salário mínimo per capita.

Os beneficiários do programa reclamam que os pagamentos atuais mal dão para comprar alimentos. Por isso, existe a possibilidade de ampliar bastante o pagamento, que atualmente tem benefício médio de R$ 191,86 por família.

O problema é que a cada R$ 1,00 aumentado, são milhões de reais no orçamento anual do Governo Federal, dificultando o fechamento da conta.

O Bolsa Família vai aumentar esse mês?

Depende em qual mês você está lendo esse texto. No início de 2020 foi anunciado que o Bolsa Família passaria por uma reestruturação, fazendo com que o valor aumentasse bastante. Depois, foi anunciado o possível surgimento do programa Renda Brasil.

O Bolsa Família é um programa social que beneficia milhões de pessoas em todo o território nacional. Por isso, o aumento nos pagamentos é algo que gera um alvoroço e que geralmente é anunciado com antecedência.

Leia Também  Beneficiários do Bolsa Família vão receber em conta poupança social

Aliás, quando o aumento é divulgado demora mais 2 ou 3 meses para que os novos valores sejam liberados nos pagamentos. Isso acontece para que toda a situação possa ser ajustada, sem comprometer a economia brasileira.